​​Os seus membros são investigadores de vários centros de investigação da Universidade do Minho, o Centro de Investigação em Educação (CIED), o Centro de Investigação em Estudos da Criança (CIEC) e e o Centro de Estudos Humanísticos da Universidade do Minho (CEHUM).Tem como missão o desenvolvimento de projetos inovadores de ensino, de investigação e de interação com a sociedade nos domínios emergentes nas suas duas áreas disciplinares, nomeadamente:


a) Teoria da Educação – que tem como objeto: 1- a fundamentação reflexiva e crítica de qualquer domínio das ciências da educação (quer no que respeita à teorização, quer no que respeita às práticas pedagógicas); 2- a análise histórica dos fatos e das ideias educacionais; 3- a reflexão filosófica educacional e 4- a intervenção comunitária; 5- a animação educativa e desenvolvimento pessoal e social.
A área de Teoria da Educação remete pois para a fundamentação teorizante de tipo epistemológica, histórica, ética, antropológica, estética, volitiva (etc) de qualquer forma de educação ao longo da vida, que engloba a educação permanente e comunitária (e não só escolar), de público de qualquer faixa etária e em contextos diversificados, incluindo o profissional, o lúdico, o exercício de cidadania, etc. Trata-se pois de uma terminologia científica vinculada a um novo paradigma de educação que não reduz a educação à sua dimensão escolar. Cabe também a esta área a construção de um (ou mais) sistemas lógicos constituídos por axiomas e postulados, bem como por observações, que possam ajudar a fundamentar, ou não, hipóteses científicas colocadas pelas outras áreas das Ciências da Educação.

b) Educação Artística e Educação Física – que tem por objeto: 1- a fundamentação reflexiva e crítica sobre as áreas que compõem a área disciplinar: a Educação Artística (constituída pela Educação e Expressão Dramática, pela Comunicação Visual e Expressão Plástica e pela Educação Musical) e a Educação Física; 2 – a atualização permanente sobre a investigação realizada a nível nacional e internacional e a produção e divulgação de conhecimento nas três áreas da Educação Artística e na Educação Física; 3 – o desenvolvimento de projetos de interação com a sociedade (e de atividades culturais, artísticas e desportivas) mobilizando os saberes da Educação Artística e da Educação Física; 4 – o envolvimento científico e académico na evolução das reformas educativas e alterações curriculares que se vão realizando nas várias áreas da Educação Artística e da Educação Física no nosso país.

Ciclos de Estudo em que o DTEEAF participa:

A. Graduação:
1. Licenciatura em Educação Básica (3 anos) do IE.
2. Licenciatura em Educação (3 anos) do IE (laboral e pós laboral).
3. Licenciatura em Música (3 anos) do ILCH.

B. Pós-Graduação:
Mestrados do Departamento
1. Mestrado em Ensino de Educação Física nos Ensinos Básico e Secundário (1º e 2º anos)
2. Mestrado em Educação, área de especialização em Educação de Adultos e Intervenção Comunitária (1º e 2º anos)
3. Mestrado em Ensino de Música (com a colaboração do ILCH), (1º e 2º anos)

Outros Mestrados
1. Mestrado em Educação Pré-Escolar
2. Mestrado em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico
3. Mestrado em Ensino do 1º e 2º Ciclo do Ensino Básico
4. Mestrado em Mestrado em Tecnologia e Arte Digital
5. Mestrados em Ensino
6. Mestrado em Educação, Área de Especialização em Mediação Educacional e
Supervisão na Formação.

Doutoramentos
1. Programa de Doutoramento em Estudos da Criança nas seguintes áreas de
especialidade:
1.1. Educação Física Lazer e Recreação
1.2. Educação Musical
1.3. Educação Dramática
1.4. Comunicação Visual e Expressão Plástica
2. Programa de Doutoramento em Ciências da Educação nas seguintes áreas de
especialidade:
2.1. Filosofia da Educação
2.2. História da Educação
C. Áreas de esp​ecialidade interdisciplinar:
1. Educação de Adultos
2. Educação para a Saúde
3. Animação Sociocultural e Educacional;
4. Metodologias de Investigação e da Supervisão Pedagógica e da Avaliação;
5. Práticas formativas e profissionais.