​O Ciclo de Estudos Co​nducente ao Grau de Dou​tor em Estudos da Criança tem a duração de 3 anos (em ​regime de tempo inteiro), o que corresponde a 180 ECTS. Este Ciclo de Estudos visa​, essenci​almente, o desenvolvimento de: capacidades de compreensão sistemática num domínio científico de estudo; competências, aptidões e métodos de i​nvestigação ass​ociados a um domínio científico; capacidade para conceber, projetar, adaptar e realizar uma investigação significativa, respeitando as exigências impostas pelos padrões ​de qualidade ​e integridade académicas. Este Ciclo de Estudos integra: uma componente curricular que combina unidades curriculares comuns às diversas es​pecialidades de doutoramento com​ unidades curriculares específicas de cada especialidade e com unidades curriculares transversais; a elaboração de uma tese original e especialmente elaborada para este fim, adequada à natureza do ramo de conhecimento e da especialidade de doutoramento. ​


      Especialidades     

     Descritores     

Educação Artística

Educação Musical

Educação Especial​  (não abre vagas na 3.ª fase 2024-2025)

Dificuldades de Aprendizagem Especificas na Leitura (Dislexia)
 

Saúde Infantil e Educação Física

 ​

Saúde Infantil,  Educação para a Saúde, Educação Física, Atividade Física, Lazer e Desenvolvimento Motor

Infância, Cultura e Sociedade (apenas vagas na 3.ª fase 2024-2025 - para o contingente internacional)

​​

Sociologia da infância, Direitos da Criança, Políticas Públicas para a Infância

Infância, Desenvolvimento e Aprendizagem



Literatura para a Infância, Educação Literária, Estudos do Meio Físico e Social, Educação Ambiental e Sustentabilidade, Matemática Elementar, Metodologia e Supervisão em Educação de Infância, Psicologia da Criança e do Adolescente, Intervenção Psicossocial, Língua Portuguesa


Condições de candidatura
Podem candidatar-se ao Doutoramento em Estudos da Criança os candidatos licenciados e portadores do grau de mestre em áreas de Estudos da Criança, Educação, Ensino e afins ou detentores de currículo especialmente relevante que seja reconhecido como atestando capacidade científica para a realização do ciclo de estudos. 

CANDIDATURAS ONLINE
As candidaturas a este ciclo de estudos são feitas exclusivamente online, em:
 

Doutoramento em ESTUDOS DA CRIANÇA - Candidaturas  - Modalidade Curso
PRAZOS​

Prazo de candidatura
24 de maio a 3 de junho de 2024
​Divulgação dos resultados no Portal Académicoaté 17 de junho de 2024
​Prazos de Matrícula 
21 a 27 de junho de 2024
​Inscrição (plano de estudos e UC opcionais)
2 a 4 de setembro de 2024

PERGUNTAS FREQUENTES

Ao candidatar-me ao Doutoramento, tenho de apresentar já um projeto de tese?
Não, na candidatura ao Doutoramento, o estudante vai submeter uma intenção de pesquisa detalhada, desenvolvendo, ao longo do 1º semestre letivo, o seu projeto de tese que será apresentado no início do 2.º semestre do 1.º ano letivo.
Qual é a duração do Doutoramento em Estudos da Criança?
O curso de Doutoramento em Estudos da Criança em uma duração de 3 anos (180 ECTS).
Há possibilidade de frequência do Doutoramento em Estudos da Criança sem parte letiva?
Não. Este Programa Doutoral apenas funciona com parte letiva durante o 1º semestre do 1º ano do curso.
Não tenho mestrado. Posso candidatar-me ao Doutoramento em em Estudos da Criança?
Sim, mas o curriculum vitae do candidato será avaliado pelo Painel de Seleção, de acordo com os critérios definidos no edital.
Qual é o valor da propina do curso de doutoramento?
O valor das propinas é definido, anualmente, por Despacho Reitoral. Em 2024/2025, o pagamento anual (propina) é de 2.750 euros (para estudantes do contingente nacional), 3.450 euros (para estudantes do contingente internacional, integrando países da CPLP) e 5.500 euros (para estudantes do contingente internacional de outros países não CPLP).
Em que condições devo submeter a candidatura pelo contingente nacional?
Podem candidatar-se pelo contingente nacional:
a) Os nacionais de um Estado-Membro da União Europeia;
b) Os familiares de portugueses ou de nacionais de um Estado-Membro da União Europeia, independentemente da sua nacionalidade;
c) Os que, não sendo nacionais de um Estado-Membro da União Europeia e não estando abrangidos pela alínea anterior, residam legalmente em Portugal há mais de dois anos, de forma ininterrupta, em 1 de janeiro do ano em que pretendem ingressar no ensino superior, bem como os filhos que com eles residam legalmente;
d) Os que sejam beneficiários, em 1 de janeiro do ano em que pretendem ingressar no ensino superior, de estatuto de igualdade de direitos e deveres atribuído ao abrigo de tratado internacional outorgado entre o Estado Português e o Estado de que são nacionais;
e) Os que requeiram o ingresso no ensino superior através dos regimes especiais de acesso e ingresso (regulados pelo Decreto-Lei n.º 393-A/99, de 2 de outubro, alterado pelo Decreto-Lei n.º 272/2009, de 1 de outubro).
Em que condições devo submeter a candidatura pelo contingente internacional?
Devem candidatar-se pelo contingente internacional os estudantes que não têm a nacionalidade de um Estado-Membro da União Europeia, nem caibam hipóteses da FAQ anterior.
Existe alguma redução/desconto no valor da propina para os estudantes nacionais de países da Comunidade de Países de Língua Portuguesa?
Sim, os estudantes pagam um valor intermédio que, em 2024-25, é de 3.450 euros por ano.
O pagamento pode ser parcelado?
Sim, o pagamento pode ser parcelado em 10 prestações, de igual valor, a pagar até ao dia 10 de cada mês, independentemente da candidatura ser pelo contingente nacional ou pelo contingente internacional.
Posso pagar a pronto pagamento?
Sim, o estudante pode optar por pagar o valor total da propina em uma única prestação, devendo fazê-lo até 10 de outubro, para cursos que começam no 1.º semestre.
Como faço para efetuar o pagamento?
O pagamento pode ser realizado através de uma das modalidades de pagamento disponíveis no Portal Académico (https://alunos.uminho.pt/PT/estudantes/Paginas/InfoUteisPropinas.aspx).
Quais as consequências de atraso no pagamento?
O pagamento fora dos prazos estabelecidos será acrescido de juro de mora, à taxa legal, e implicará o não reconhecimento dos atos académicos realizados no período a que a obrigação se reporta, até que a dívida seja saldada.
Pretendo candidatar-me ao Doutoramento. Tenho de pagar alguma taxa de candidatura?
Sim, tem de ser paga uma taxa de candidatura no valor de € 42,00.
Se não for admitido, posso pedir o reembolso da taxa de candidatura?
A taxa de candidatura não é reembolsável.
Qual o período de funcionamento do curso?
O curso possui uma componente letiva com a duração de um semestre, correspondente ao 1º semestre do 1º ano letivo (30 ECTS).
O 1º ano terá aulas à quinta-feira e sexta-feira das 14h às 20h e dois períodos intensivos, uma semana em janeiro e outra em junho. Os dois anos seguintes serão tutoriais, em horários a combinar com o orientador.
As aulas são presenciais, mas os alunos também podem participar, via plataforma de e-learning, quando não for possível a sua deslocação à Universidade do Minho.
Existe alguma bolsa de Estudos da Universidade?
Não existe bolsa de estudos da universidade, os candidatos devem solicitar a bolsa a entidades no seu país de origem.
Como é feita a candidatura, é com entrevista ou documental?
A candidatura é feita só online com envio de toda a documentação digitalizada e não tem prova presencial. Os elementos para seriação dos candidatos são o CV e a proposta de projeto a desenvolver.
O curso é reconhecido em Portugal?
Sim, o curso está publicado no Diário da República e é avaliado pela Comissão A3ES.

Contacto do Secretariado do Doutoramento 
Tel: +351 253 60 13 92​
e-mail: sec-dout-ec​@ie.u​minho.pt

Propinas | 2024 - 2025
Estudante Nacional
​Estudante (Países da CPLP)
​Estudante (outros países)
​2.750,00 €
​​3.450,00 €
​5.500,00€
​​
​​​​​​

 Doutoramento em Estudos da Criança

2024/2025

Geral


Grau Académico:
  • Doutor
ECTS:
180
Duração:
6 semestres letivos
Regime:
Misto
Local:
Campus de Gualtar, Braga (UM)
Área científica predominante:
  • Estudos da Criança

Contactos


    Instituto de Educação
    Campus de Gualtar
    4710-057 Braga

    Tel: +351 253604240 Fax: +351 253604659
    E-Mail: cpedagogico@ie.uminho.pt
    URL: http://www.ie.uminho.pt

Descrição


O curso promove a produção de conhecimento avançado com vista a um perfil de formação centrado na capacidade de reflexão epistemológica e metodológica em torno da infância, considerando a criança como objeto de análise, bem como os adultos que com ela interagem em diferentes contextos. Consideram-se relevantes todos os contextos onde as crianças experienciam a sua infância, nomeadamente os contextos educativos, quer sejam de educação formal, quer sejam de educação não formal; os contextos de proteção, como é o caso das Comissões de Proteção de Crianças e jovens em perigo (CPCJ) e das instituições de acolhimento de crianças e jovens. O curso assegura o desenvolvimento de competências de intervenção transformadora em tais contextos envolvendo o conhecimento avançado dos paradigmas, teorias e aparelhos concetuais que caraterizam a área dos estudos da criança, assim como a conceção e o desenvolvimento de projetos de investigação em observando padrões éticos rigorosos e respondendo criticamente aos desafios educativos, sociais e politicos.

Resultados de aprendizagem


1. Desenvolver competências de I&D de alto nível no âmbito dos Estudos da Criança.
2. Conhecer quadros conceptuais e metodológicos no âmbito dos Estudos da Criança em função de um objeto de investigação original, pertinente e socialmente relevante.
3. Conceber um projeto de investigação inovador adequado à natureza dos Estudos da Criança no contexto da formação de profissionais altamente qualificados.
4. Analisar questões relativas às condições individuais e sociais de vida e aprendizagem das crianças, nos planos do desenvolvimento físico, psicológico, sócio-motor, social e moral, da intervenção educativa, da ação institucional, das práticas culturais e artísticas e das políticas públicas.
5. Interpretar problemas científico-tecnológicos, culturais, sociais, educacionais, económicos e políticos contemporâneos, manifestando abertura a diversas áreas do saber e construindo uma visão crítica do conhecimento e da realidade.
6. Desenvolver competências investigativas, éticas e formativas no sentido de disseminar resultados de investigação na comunidade académica e na sociedade.

Acesso a estudos superiores


Os doutorados ficam em condições de aceder a um pós-doutoramento, nomeadamente na área dos Estudos da Criança e áreas afins.

Saídas profissionais


Investigação aplicada em diferentes contextos de intervenção com crianças; coordenação de projetos e atividades nas áreas da educação e da intervenção psicossocial que assegurem o desenvolvimento, a aprendizagem, o bem-estar e a valorização dos direitos da criança; assessoria científica a instituições, programas e projetos.

Acesso


30

Vagas

1

Mínimo

Formas de acesso


O acesso a este ciclo de estudos processa-se mediante apresentação de candidatura no Instituto de Educação da Universidade do Minho. A candidatura online (www.ie.uminho.pt) requer a anexação dos seguintes documentos: Curriculum Vitae detalhado; cópias dos certificados de habilitações; domínio a investigar, com formulação das intenções da investigação; indicação do ramo e especialidade a que se candidata. 

Esta informação não dispensa a consulta do Regulamento Académico da Universidade do Minho e outros documentos oficiais.

A linguagem do curso é o Português.

Pré-requisitos formais


Podem candidatar-se ao Doutoramento em Estudos da Criança:
1. os titulares do grau de licenciado e do grau de mestre nas áreas definidas pelo Conselho Científico para cada uma das especialidades.
2. os titulares do grau de licenciado que sejam detentores de um currículo escolar ou cientifico especialmente relevante, reconhecido pelo CC do IE como atestando capacidade para a realização deste ciclo de estudos.
3. os detentores de um currículo escolar, científico ou profissional que seja reconhecido pelo Conselho Científico do IE como atestando capacidade para a realização deste ciclo de estudos.
4. Adicionalmente aos critérios de admissão referidos, os candidatos devem, sob pena de exclusão, possuir domínio, oral e escrito, da língua portuguesa ou da língua inglesa.

Prazos de candidatura


Informações sobre Prazos de Candidatura podem ser consultadas em:
https://www.ie.uminho.pt/pt/Ensino/Doutoramentos/Paginas/candidaturasdoutoramentos2018.aspx

Prazos de inscrição


Informações sobre Prazos de Inscrições podem ser consultadas em:
https://www.ie.uminho.pt/pt/Ensino/Doutoramentos/Paginas/candidaturasdoutoramentos2018.aspx

Informação Adiccional


Plano de Estudos


Avaliação/Acreditação


Estado de acreditação pela A3ES:
Acreditado condicionalmente
Data de publicação da decisão:
21-10-2022
Relatório submetido para A3ES:
Número de Registo:
R/A-Ef 2401/2011/AL03
Data de Registo:
03-02-2023
Validade:
06-10-2025

​​